Palocci, um ex-petista livre, na mira da turma do ódio

Esta semana o ex-ministro Antoni Palocci Filho, uma das figuras mais importantes dos governos petistas, deve deixar a prisão.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) conclui o julgamento do pedido de revisão de sua pena, iniciado poucos dias antes do 2º turno da campanha eleitoral, no dia 24 de outubro.

Naquela oportunidade, o relator Desembargador João Pedro Gebran Neto deu o voto favorável, autorizando a concessão do benefício para que o ex-ministro cumpra o resto da pena em casa, em regime semiaberto e sob monitoramento.

A tendência é de que o colegiado acompanhe o voto do relator.

Palocci é hoje um homem odiado pela militância petista. É considerado um traidor por ter entregado inúmeros crimes de Lula e o 'pacto de sangue' firmado com Emílio Odebrecht.

A rigor, jamais voltará a ser um homem livre.

É bom que se cuide...

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça