Deputado encara MST, é ameaçado, mas não recua (Veja o Vídeo)

Em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o presidente da Comissão de Agropecuária e Agroindústria, deputado Antonio Carlos Arantes, foi alvo de agressões e ameaças por parte de membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Ao fazer uso da palavra, o deputado defendeu a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que determinou a desocupação da fazenda Ariadnópolis em Campo do Meio (MG).

“A invasão da fazenda não atende aos objetivos de assentar o homem no campo. Eu estive lá e o que vi foi gente com carrão de luxo importado. Eu não vi ninguém trabalhando na terra. E a maioria nem na fazenda mora; fica tudo é na cidade. A ocupação da fazenda Ariadnópolis é pura especulação imobiliária porque é uma terra produtiva, que vale muito, mas que sempre teve dono”, sustentou o deputado.
Ameaçado com xingamentos e gestos, Arantes não recuou e encarou o MST.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários

Mais em Política