O mais bárbaro crime petista que superou o Mensalão e o Petrolão

O maior crime do PT não foi o Mensalão nem o Petrolão, foi o derretimento dos cérebros de universitários ingênuos e inexperientes, que foram transformados em estudantes teleguiados a serviço de um plano de poder que eles nem mesmo são capazes de entender.

As universidades viraram uma fábrica de pessoas incapacitadas para a compreensão da realidade, uma usina de distorção mental que tem produzido uma geração de militantes incapazes de pensar fora do consenso da manada, uma máquina que anualmente despeja jovens inseguros e arrogantes que não conseguem pensar de forma independente porque foram moldados de maneira a depender do pensamento grupal.

A essência do apoio que Fernando Haddad recebeu dos jovens universitários é a necessidade de pertencimento a um grupo, elemento psicológico que foi cuidadosamente trabalhado pelos professores petistas e por programas como Malhação.

(Texto de Alexandre Costa. Autor dos livros: Nova Ordem Mundial e Bem-vindo ao Hospício)

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Circulando na rede