O japonês e os argumentos usados para convencer Sepúlveda a reassumir a defesa de Lula

O PT pretende ingressar no Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido de prisão domiciliar para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O japonês do Lula, Paulo Okamotto, é quem estaria encarregado de viabilizar a trama.

Todos sabem porém, que Cristiano Zanin não tem a mínima condição de estar à frente de qualquer pretensão nesse sentido.

Assim, o retorno de Sepúlveda estaria sendo negociado.

O ex-ministro a princípio refutou a possibilidade, pois saiu magoado, afinal foi humilhado pela desprezível figura de Cristiano Zanin, com a aquiescência do próprio Lula.

O japonês no entanto teria ‘milhões’ de argumentos para convencê-lo.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários