Jaques Wagner reconhece a corrupção petista: “nossa gente fez bobagens”

Embora tentando minimizar quilometricamente a corrupção sistêmica havida durante as gestões petistas, o ex-ministro e senador eleito Jaques Wagner, em entrevista para o jornal Folha de S.Paulo, reconhece que existiu, mas resiste em fazer uma análise apurada, sincera e verdadeira.

“Não é a melhor hora de reconhecer erros, mas gente nossa fez bobagem nessa questão de corrupção”.

O rombo trilionário praticado sistematicamente pelo PT ao longo de 13 anos no poder, o devasso petista qualifica simplesmente como “bobagem”.

Aliás, o próprio Jaques Wagner está enrolado em inúmeras denúncias. Todavia, ele de maneira absolutamente hipócrita sustenta o perdão ao meliante Luiz Inácio Lula da Silva.

“Espero que façam justiça e tenham reconhecimento pelo que ele fez pelo Brasil. Mandela foi o líder do movimento antiapartheid, ficou 20 e tantos anos preso e saiu como herói nacional. Lula é um herói nacional. Mais importante que o Judiciário é a história do Brasil.”

É realmente nauseante.

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Política