Lula, Zé de Cristo e a falta de respeito com a medicina brasileira

Outro dia dois ou três psicopatas formados em Medicina (uma havia sido candidata à vereadora pelo PC do B e outro pelo PT) fizeram queixa contra mim por “falta ética” no Conselho Regional de Medicina.

Acontece que eu havia escrito um artigo avisando o Presidente Jair Bolsonaro sobre a presença dos companheiros deles no comando do SUS. Ataquei o “Susismo” - a religião dos Vagabundos – e isso foi o suficiente.

Faço esse comentário porque o tipo de canalha que fez “denúncia ética” contra mim tem seguidores. Eles não precisam perder tempo lendo aquilo que vou escrever sobre Lula, o tal “Zé de Cristo” e a falta de respeito pela Medicina no Brasil: já podem fazer a manchete: “Médico Nazista culpa as vítimas de Zé Cristo pelo fato de terem sido abusadas pelo falso médium”.

É...com Vagabundo Petista é assim: eles nem escreveram ainda eu já sei o que eles estão pensando.

O negócio é o seguinte: as mulheres que sofreram abuso por parte do tal Zé de Cristo não agiram com má-fé nem são ignorantes. O caso delas não é de ignorância porque se deixaram abusar nem de má-fé porque não procuraram um verdadeiro médico – o caso é de desespero e de FÉ NA IGNORÂNCIA!

Sim, o povo brasileiro tem fé na ignorância, sim. Ele procura o Doutor Bum-Bum, ele procura a estelionatária Tati Bum-Bum, ele aceita o falso médico cubano... Por que ele não procuraria o Zé de Cristo?

Cada vez que um Zé de Cristo é denunciado, cada Tati Bum-Bum presa, cada Rogério Abdala Mastiff que vai para cadeia é uma vitória da Organização Criminosa Vagabunda Petista e da Rede Globo que destruíram, que levaram ao nível de esgoto a Saúde Pública e a moral da Medicina Brasileira e que tem orgasmos ao confundir tudo isso com o trabalho dos verdadeiros médicos do país.

Alguém já se perguntou se a mulher desesperada e com câncer que foi abusada pelo Zé de Cristo não é a mesma que desistiu da fila de espera no Instituto Nacional do Câncer (INCA)?? Alguém já se perguntou quanto tempo leva para conseguir fazer a mais elementar radio ou quimioterapia pelo SUS no Brasil?? Alguém sabe qual é a situação física e econômica do INCA atualmente? Algum de vocês, vagabundos petistas, gostaria de explicar para os eleitores quanto tempo um médico brasileiro precisa estudar e quais as condições de trabalho que precisa ter para ser tornar um oncologista???

Alguém já se perguntou se um cubano sabe o que são radio e quimioterapia? Alguém já se perguntou se é possível fazer radio e quimioterapia no Posto de Saúde Marighella ou na UPA Carlos Lamarca que os vagabundos petistas abriram (e deixaram vazios) aos milhares pelo Brasil?

E aí vem aquele cretino esquerdista que já leu o texto até aqui pensando: “corporativismo, o cara tá misturando tudo. Ele é médico e deve estar ganhando alguma coisa com isso...”

É, eu sou médico sim, Vagabundo Petista. “Provavelmente ele está ganhando alguma coisa com isso” é a pergunta que toda brasileira que foi procurar “passe”, “benzedura”, “simpatia” ou “bons fluidos e secreções” com Zé de Cristo deveria fazer antes de, no seu desespero, tirar a roupa na frente do cara!

Mas você sabe, né, Vagabundo Petista – fazer perguntas do tipo “quem está por trás disso” não é exatamente coisa que o brasileiro costuma fazer, ou melhor: quando deveria fazer deixa passar e quando deveria ter fé e esperança no esforço e no trabalho do próximo, ele começa a questionar…e aí é VOCÊ que faz as perguntas por ele, né?

Assim, nesse método de investigação, nessa forma de questionamento que a Revolução Cultural protagonizada pelos Vagabundos Petistas implantou no Brasil, só algumas perguntas, só algumas dúvidas, são válidas; outras não.

Eu posso, segundo a Imprensa Brasileira Vagabunda Petista, sair escrevendo que a Damares Alves é “louca varrida” porque viu Jesus no pé de goiaba, mas não posso questionar sanidade mental de mulher que tira roupa para o Zé de Cristo nem de uma ladra terrorista que enxerga cachorro invisível no pé de mandioca – essa não, essa é só “vítima”, coitada, ela estava desesperada por causa do câncer e a outra “lutou contra Ditadura”.

Sim, eu sei que a vítima do Zé de Cristo estava desesperada, vagabundo petista. Aliás, desespero pelo Brasil afora é o que mais existe. Quer falar sobre ele? É comigo mesmo!

Foi o desespero de uma Nação com fé na ignorância, na grosseria e no mau gosto, foi a crença na preguiça, na incompetência, no alcoolismo, no uso de drogas, nas relações com cabritas, no analfabetismo e no dogma da CNBB de que os “pobres são sempre honestos” que entregou o país durante 13 anos ao estupro que Lula e Dilma cometeram contra a Nação!

Lula era o Zé de Cristo da política brasileira. Zé de Cristo é só mais um “Lula do Espiritismo” - uma das últimas religiões que faltava ser jogada na lama e no descrédito pela Rede Globo e pelo PT aqui no Brasil.

Os padres católicos já estão sob controle de vocês, com os evangélicos vocês se ferraram e os macumbeiros não tem dinheiro (então não interessam a vocês).

Mesmo assim uma coisa precisa ser dita: não adianta prender o Zé de Cristo nem fechar a “casa” ou “hospital” ou “cabaré” (ou seja lá o que for) que ele tinha – em questão de meses mais dez lugares iguais serão abertos até o dia em que o Brasil passe a respeitar seus verdadeiros médicos e o exercício ilegal da Medicina passe a ser punido como deve.

Até lá vocês podem fazer nova “denúncia ética” contra mim no CRM, podem debochar da Damares Alves ou berrar “Marielle presente” - amanhã, às seis horas da manhã, a Polícia Federal está na casa de vocês…

Aí, nem transando com Zé de Cristo e Lula dentro de uma cela em Curitiba vocês vão escapar.

Milton Pires

Médico cardiologista em Porto Alegre

Mais de Milton Pires

Comentários

Leia mais...

Mais em Opinião