De um estado pobre, surge o “campeão nacional de viagens com dinheiro público”

Parece que o procurador do Ministério Público de Contas do pequeno, pobre e sofrido estado de Roraima, Paulo Sérgio Oliveira de Sousa, resolveu transformar o exercício de seu cargo num interminável roteiro turístico, sempre recebendo polpudas diárias do órgão e consequentemente se ausentado de seu local de trabalho.

Inconcebível e inexplicável o número de viagens realizadas pelo procurador, segundo revela o próprio portal da transparência do Tribunal de Contas de Roraima.

Reportagem realizada pela revista Época esmiúça o assunto e demonstra que o cidadão que tem como atribuição profissional zelar pela boa aplicação do dinheiro público, recebeu R$ 1.606.715,90 só em diárias relativas a 180 viagens nacionais e internacionais desde 2012.

A reportagem ainda enfatiza o seguinte: “os números revelam também que, em vez de se debruçar sobre contas, o fiscal botou o pé na estrada uma média de 30 vezes por ano, ou, 2,5 viagens por mês”.

E conclui: “Não existe um estudo formal sobre o assunto, mas o procurador é candidato a campeão nacional em viagens com dinheiro público”.

da Redação

Comentários

Leia mais...