Folha, infame, agora diz que foi o PT que impulsionou ilegalmente candidatos

Indubitavelmente a Folha de S.Paulo foi a responsável pela maior fake news da última campanha eleitoral, na visível e óbvia tentativa de prejudicar o então candidato Jair Bolsonaro.

Não conseguiu êxito, com o malfadado “escândalo” do disparo em massa de mensagens de WhatsApp.

Passado o pleito eleitoral, o jornal parece que resolveu investigar melhor a questão do impulsionamento ilegal de conteúdo favorável a candidatos no pleito de 2018.

Eis que matéria publicada nesta segunda-feira (17) revela que, pelo menos em Minas Gerais, foi o PT que adotou esta prática.

Parece que a Folha tenta se redimir com o seu público leitor.

Conseguirá?

Comentários