A cada movimento chicaneiro do PT, a sociedade fica mais forte na luta contra a impunidade

O que o Partido dos Trabalhadores tem feito, notadamente após a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva, tem se constituído em verdadeiros ‘tiros no pé’, efeito bumerangue, retornando com força multiplicada.

O PT que fez o que fez e conseguiu por quatro vezes consecutivas obter a maioria dos votos do eleitorado nas urnas, não se deu conta ainda - por incrível que pareça - que os tempos são outros e que tudo mudou.

A diferença crucial é que o partido não tem mais o poder. Não tem mais o dinheiro fácil. E não engana mais a população pensante. Foi completamente desmascarado.

Não se deu conta de que a cantilena de que ‘Lula foi condenado sem provas’, não cola.

Assim, todos os movimentos que dá no sentido de tentar livrar Lula da prisão, imediatamente provocam a repulsa da população, fazem crescer o sentimento de revolta contra o partido e afloram a luta contra a corrupção e a impunidade.

Tudo o que aconteceu nesta quarta-feira (19) fez com que a sociedade brasileira ganhasse mais força no combate a corrupção e aumentou ainda mais a revolta contra as mazelas desta Organização Criminosa de alta periculosidade, mas, felizmente, de parca habilidade.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários