TCE

PF sai na caça de mandante do atentado e faz buscas nos endereços de advogados de Adelio

Finalmente a Polícia Federal resolveu tratar com mais severidade a investigação sobre o atentado cometido contra Jair Bolsonaro pelo militante de esquerda Adelio Bispo de Oliveira.

Nesta sexta-feira (21) estão sendo realizadas buscas nos endereços dos advogados do criminoso.

Em razão da negativa dos advogados em fornecerem o nome de quem está bancando os honorários do caso, a PF resolveu agir, pois considera tal informação de vital importância para se chegar ao eventual mandante.

A nova ofensiva da PF demonstra que a tese de que o tal Adélio é ‘louco’ está descartada para fins de investigação criminal.

Da mesma forma, os advogados passam a ser tratados como investigados.

A cantilena de ‘sigilo profissional’ não vai mais colar, afinal trata-se de um crime contra a Segurança Nacional, praticado contra o presidente da República eleito.

da Redação

Comentários