Bolsonaro responde a nova provocação da Folha: “jornalismo sujo e baixo nível”

Mesmo desmoralizada, parece que a Folha de S.Paulo ainda consegue irritar o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Diuturnamente o jornal encontra algum motivo para direcionar críticas e alfinetadas.

Sem contar com as constantes Fakes News. A última envolveu a futura primeira dama Michelle Bolsonaro.

A guerra deve se acentuar após a posse.

Nesta sexta-feira (21), a crítica foi relacionada a formação dos ministérios, que segundo o jornal não incluiu nenhum representante das regiões Norte e Nordeste.

O presidente eleito deu a seguinte resposta:

A Folha de SP continua a fazer um jornalismo sujo e baixo nível. Agora insinuam falta de representatividade das regiões Norte e Nordeste nos ministérios, como se nascer em uma região se traduzisse em competência e não nascer significasse descaso e abandono. Vão quebrar a cara!
- Divulguei as indicações de ministros em minhas redes e ficou bem claro que o critério para as escolhas foi técnico. Não saí perguntando a região de nascimento, cor da pele ou sexualidade de cada um, já que isso é irrelevante para as demandas de nosso país.
- Também não perguntei o local de nascimento para minha esposa, filha de nordestino, nem para os nordestinos que trabalham e trabalharão diretamente comigo na presidência. Se defendemos igualdade, esses detalhes são completamente ínfimos.
- Ressalto ainda que as regiões Norte e Nordeste terão olhar especial do nosso governo, principalmente pelo grande potencial econômico que possuem. Uma boa tarde a todos!
da Redação

Comentários