Sem chances de defesa, autor do estatuto do desarmamento é assassinado

Talvez se o senador capixaba Gerson Camata tivesse uma mínima chance de defesa, pudesse ter escapado do balaço que o matou.

Tentou correr, mas não conseguiu escapar da fúria assassina de seu ex-assessor.

Marcos Venicio Moreira Andrade matou de maneira inapelável o ex-governador do Espírito Santo, utilizando uma arma de fogo sem registro.

O crime deve servir de reflexão.

Gerson Camata tinha o direito de tentar se defender. Foi impedido pela lei que ele próprio criou.

É lamentável.

Comentários