Vídeo de vírus da Aids em corpo vivo demonstra avanço tecnológico. Assista o vídeo

Um vídeo feito pelo cientista americano Walther Mothes mostra o vírus causador da AIDS se mexendo num corpo vivo.
O estudo, feito por pesquisadores da Universidade de Yale, busca detectar a forma pela qual o HIV se movimenta e sugere que possíveis alvos moleculares podem reduzir ou aumentar a presença do vírus. Além disso, o levantamento visa prever os próximos passos da infecção.
O vírus se espalha pelo corpo por meio de uma proteína chamada CD169 e os pontos verdes no vídeo são pequenos vírus reunidos nas adjacências dos macrófagos. Os pontos vermelhos, por sua vez, representam um tipo específico de célula B, enquanto a cor azul dá lugar ao tecido chamada "linfonoso".
O HIV é conhecido por ser um vírus retroativo, o que significa que não alcança somente as células, mas sim todo o seu genoma. A infecção, uma vez identificada, indica que já é tarde demais. Sem uma tecnologia avançada para "dividir" essa informação, o tratamento hoje não seria tão eficiente quanto é e essa filmagem do Dr. Walther não poderia ser realizada.

Assista o vídeo:


                         https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Saúde