Candidatura de Lula na ONU é mais uma farsa que será defenestrada

O perverso PT presentemente se debruça na cantilena de que o condenado Luiz Inácio Lula da Silva será candidato ao Prêmio Nobel da Paz em 2019.

Em seu site, o partido diz o seguinte: “o movimento internacional pela candidatura de Lula, liderada pelo Nobel da Paz de 1980 Adolfo Pérez Esquivel, é avalizada por personalidades exponenciais da contemporaneidade (...)”.

Pura e enfadonha mentira. Não existe qualquer movimento internacional nesse sentido e tampouco uma suposta candidatura de Lula será aceita pela ONU.

Lula é condenado pela prática de corrupção e lavagem de dinheiro, num processo legal, onde teve todas as oportunidades para se defender. Além disso, responde a inúmeros outros processos pela mesma prática delitiva.

Logo, com essas credenciais, jamais conseguirá sequer formalizar a sua candidatura.

Entretanto, o PT sempre irá precisar de uma ‘bandeira’ para carregar. Essa é a da vez.

Por isso que, para fulminar por completo tais aleivosias, é que, a partir de 2019, Lula precisa definitivamente deixar de gozar de absurdos privilégios, que só servem para alimentar esse tipo de insanidade.

Para tanto é que se impõe a necessidade imperiosa de que o meliante petista seja encaminhado para um presidio comum e, doravante, passe a receber o mesmo tratamento de todos os demais condenados nas mesmas condições.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários