Toque de amor

“Você não se importa com o seu futuro? Pois é melhor cuidar dele ou não terá nenhum”. (Bill Gates)

O aluno não precisa ultrapassar limites para ser criativo basta ser motivado para sair da sua zona de conforto. É fácil conseguir isso! O mestre precisa apenas provocar os alunos...
Atividade semanal: Redação. Afixei bem à frente da sala um pôster. A figura estava encoberta. Eu disse aos alunos hoje: “Hoje vamos receber a visita de uma atriz: Maria Fernanda Cândido... Ela quer conversar com vocês!” A seguir descobri o pôster. Os alunos ficaram fascinados olhando fixamente para aquela figura tão carismática.
Ana Júlia de Almeida Fonseca, 15 anos, 1ª EM, escreveu: Que alegria receber você aqui em nossa sala de aula. Você é uma atriz de novelas, filmes, teatro... E a artista foi logo dizendo: “Oi, é um prazer conversar com vocês!” E a seguir ela começou a falar com a classe e estavam todos bem atentos...
“Meus queridos alunos, a vida é um sonho que não pode terminar. Faça valer à pena e não desperdice sua vida. Lembre-se, mais importante é o caminho que você vai percorrer e não destino que vai chegar. Vocês estão passando da adolescência para a vida adulta. A vida é difícil e dura, assim mesmo valorize-a bastante. Não se envolva com drogas, bebidas alcoólicas, más companhias. Esforce-se para ser um bom filho respeitando os pais. Um dia você terá a sua família e gostará de ser respeitado também. O progresso é fruto da união entre as pessoas e às vezes, você tem que admitir seus próprios erros para ser um homem de verdade. Não tenha pressa para namorar. Preocupe-se agora com os estudos, depois com o trabalho e saiba guardar dinheiro”.
E Maria Fernanda continuou: “Faça sempre o seu melhor! Não seja apenas bom, quando você pode ser excelente e admirado por todos em casa, na escola, no trabalho... E mais importante, não se esqueça de ter fé. Aceite as decisões de Deus. Sem Deus nós não somos nada!” Finalmente ela se despediu de todos os alunos e foi embora... Deixou recordações... Bom Valdo, esses foram os conselhos que Maria Fernanda Cândido nos deu. Não vamos esquecer as sábias instruções.
E aí, Valdo? O que você anda aprontando, maluco? Nada! Apenas provoco os meus alunos e tenho certeza que eles crescem! A impressão que tenho é que nós educadores somos tão poucos quando deveríamos ser tantos...
Sim podemos acreditar no encontro súbito. É quando o real e o imaginário se misturam no jogo das emoções. Alguém mesmo não presente pode despertar sentimentos e atitudes elevadas. Ferreira Gullar diz: “A arte é feita para mudar a realidade. A arte inventa, ela não revela a realidade. É uma questão de necessidade”. Arte também representa energia em expansão. Quem não exercita a imaginação, tão pouco compreenderá a realidade. 
O amor está no ar, temos que ir onde o amor nos levar. É de encontros que se faz a vida. Encontros reais, virtuais e mesmo imaginários. Deraldo Nevilie diz: “O amor se revela à gente, nas qualidades divinas. Começando exatamente, pelas cousas pequeninas”.  Ele tem razão! Com vulgaridade e pobreza de caráter e lugar comum não se chega a lugar algum! Outra coisa, para ser feliz no futuro a dois é preciso aprender a ser feliz sozinho. O escritor Aldous Huxley confirma isto: “Todo homem nasce como todo homem, mas morre como um único”. Conseguimos captar muito pouco da vida e o que captamos na maioria das vezes é um equívoco!
Reflexão – Para nós a “presença” da atriz foi um verdadeiro “Toque de amor”. E esta redação não foi a única, os alunos esbanjaram criatividade e imaginação. Foi uma viagem de buscas interiores. Anseios e insegurança sempre vão estar presentes, mas com encontros assim com tanto otimismo e entusiasmo não vai ser difícil a criança alimentar um sonho todos os dias...
Somos de mundos diferentes. Temos pais diferentes, professores diferentes, experiências diferentes, mas se o jovem for fiel aos seus valores não vai ser difícil aproximar-se da luz de Deus e construir um caráter e uma personalidade com fortes propósitos capaz de transbordar durante a sua jornada muitos “toques de amor.”
Antonio Valdo

                     https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Cultura