Libertar o Brasil do Socialismo

Resposta a quem não entendeu a frase de Bolsonaro no dia da posse

Quando Bolsonaro disse “Libertar o Brasil do socialismo” talvez a expressão não tenha ficado muito clara para algumas pessoas, afinal as nomenclaturas não são tão rígidas e socialismo (marxismo) já não tem aquele significado tão fechado como nos tempos soviéticos.

Mas vamos lá, libertar o Brasil do Socialismo, atualmente, no campo econômico, significa reduzir a carga tributária sobre os gêneros de primeira necessidade. Só pra se ter ideia, nos últimos governos, a carga tributária sobre alimentos e medicamentos aumentou de maneira exorbitante. Sim, o governo que dava o mínimo para tirar o miserável da miséria era o mesmo a mantê-los na pobreza extrema com coronelismo eleitoreiro. Libertar o Brasil do Socialismo é acabar com a cultura de que o empregador, empreendedor, sim, isso mesmo, aquele que gera emprego, renda e alimenta os cofres do Estado, é, via de regra, o burguês, explorador, o vilão.

Libertar o país do Socialismo é diminuir a burocracia, os tributos sobre quem produz, para assim gerar mais empregos (diretos e indiretos) e de fato tirar as pessoas da pobreza. Criar um Estado mais enxuto, eficaz, moderno que estimule a competitividade.

Libertar-nos do Socialismo é agir com responsabilidade fiscal, afinal, país endividado uma hora entra em colapso além de afastar investidores. Libertar o Brasil do Socialismo é respeitar a propriedade, dar segurança jurídica aos cidadãos, usar o BNDES sem fim ideológico e tentar trazer de volta as centenas de transnacionais (multinacionais) que, massacradas pelo governo, deixaram o Brasil.

Libertar o Brasil do Socialismo é fazer as reformas necessárias sem medo da manipulação midiática ou do terrorismo mentiroso que visa deixar a população em pânico. Não somos ingênuos a ponto de achar que tudo vai melhorar num passe de mágica mas podem ter certeza que as mudanças já começaram. Avante Bolsonaro. Deus abençoe o Brasil!!

(Texto de Fernando Coutinho).

da Redação

Comentários

Leia mais...