Globo não para e ataca sorrateiramente a primeira surda à frente da Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência

A Globo perdeu totalmente a compostura.

Um ato elogiável do presidente Jair Bolsonaro foi motivo para mais um ataque sem qualquer propósito.

Ao invés de ressaltar que teremos a primeira surda na Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, o jornal O Globo preferiu dizer que Michelle deu emprego a "uma amiga".

Pois é, essa amiga é Priscila Gaspar Oliveira, deficiente auditiva com um currículo invejável. Graduada em letras e libras pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e professora da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo.

Pelo visto, o corte de verbas que será imposto a Rede Globo está fazendo muito mal a emissora, que nessa linha de ataques injustos e sem fundamento vai perder o resquício de credibilidade e decência que ainda lhe resta.

É realmente repugnante essa postura, instantaneamente seguida pelos sites petistas.

da Redação

Comentários