Gleisi em Caracas: Luxo, repórter à tira colo e conduta potencialmente criminosa (Veja o Vídeo)

A presidente do PT tem efetivamente uma necessidade incontida de afrontar e aparecer.

Ela é insaciável. Aliás, a base de sua existência são os holofotes e a maledicência.

Por esse motivo foi a Caracas prestigiar a posse do tirano bolivariano Nicolas Maduro.

E para marcar sua participação no evento, Gleisi levou uma repórter à tira colo, com a missão de entrevistá-la para as redes sociais e para um site petista.

Paralelamente, adotou naquele país, uma posição potencialmente criminosa, de absoluta afronta a Lei de Segurança Nacional (LSN), fazendo severas críticas ao Brasil e ao presidente Jair Bolsonaro, com o claro objetivo de acentuar a hostilidade do ditador venezuelano.

O artigo 8º da LSN diz o seguinte:

Define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, estabelece seu processo e julgamento e dá outras providências.
Art. 8º - Entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil.

O pior é que toda essa farra inconsequente e irresponsável foi paga com dinheiro público do malfadado fundo partidário.

No vídeo abaixo, um trecho da entrevista da petista. Observe o luxo do local. Uma verdadeira aberração ante a situação de miserabilidade pela qual passa o povo daquele país, produto da tirania desenfreada de um psicopata.

Veja o vídeo:

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Mais de Otto Dantas

Comentários

Leia mais...

Notícias relacionadas