Maduro, em "parafuso", manda sequestrar presidente da Assembleia Venezuela (Veja o Vídeo)

O oposicionista Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional Venezuelana, primeiro na linha sucessória do presidente de acordo com a Constituição do país, ante a declaração de ilegitimidade do segundo mandato de Nicolas Maduro, disse na última sexta-feira (11) que estava disposto a assumir o cargo de presidente da República, tão somente para convocar eleições.

"A Constituição me dá legitimidade para exercer o cargo da Presidência da República, para convocar eleições, mas preciso do apoio dos cidadãos para tornar isso uma realidade", disse o deputado.

Neste domingo (13), Guaidó foi sequestrado.

A ação protagonizada pelo serviço de inteligência venezuelana foi filmada.

Mais um ato de desespero de Maduro que tenta na marra se manter no cargo.

Algumas horas depois, o deputado foi libertado.

O tirano está completamente em parafuso, sem saber o que fazer, absolutamente perdido.

Não irá suportar. É questão de tempo.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Internacional