Olavo de Carvalho faz grave alerta a Bolsonaro e atinge a "Gleisi Hoffmann do PSL"

Cerca de 20 parlamentares eleitos em 2018 pelo PSL estão em viagem à China para importar sistema que reconhece rosto de cidadãos.

A ideia é apresentar, ainda no início do ano, uma PL que obriga a instalação de tecnologia de reconhecimento facial em locais públicos para reforçar a segurança pública e reconhecer criminosos. Entretanto, essa tecnologia é extremamente totalitária e serve para atividades de espionagem ao governo chinês, como alerta o professor e filósofo brasileiro Olavo de Carvalho.

O sistema é capaz de reconhecer informações minuciosas sobre os cidadãos, como carro, rotas frequentes, dados profissionais, parentes e outras pessoas mais próximas, etc.

É um rígido sistema de controle comportamental que os parlamentares, por burrice ou ignorância, não foram capazes de compreender e podem ameaçar a integridade da segurança nacional.

Liderando o grupo de parlamentares está a senadora eleita Soraya Thronicke, já conhecida como a "Gleisi Hoffmann do PSL", por sua conduta desastrada, aética e traiçoeira. É o nome dela o primeiro a ser citado por Olavo, descrita por ele como "ignorante" e "semi-analfabeta".

Veja na íntegra o depoimento e as duras críticas feitas pelo professor:

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Política