Visitas surpresa do próprio ministro prometem acabar com farra das ONGs

Não são poucas as Organizações Não Governamentais (ONGs) que recebem repasses do governo.

Evidente que algumas desenvolvem trabalhos elogiáveis que devem ser preservados, pois contribuem de maneira relevante com a sociedade.

Outras, porém, um grande número talvez, são meras instituições de fachada, arrecadadoras de dinheiro público para beneficiar interesses inconfessáveis.

Assim, paralisar contratos em andamento é temerário, pois bons trabalhos poderão ser prejudicados.

A ideia do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles de efetuar visitas para conferir pessoalmente, parece interessante e poderá ser eficaz.

Mas tem fazer isso logo, rapidamente, sem demora.

Fonte: globo.com

da Redação

Comentários