Joyce faz “desafio” no caso Queiróz

O montante de R$ 1,2 milhão movimentados na conta do assessor de Flávio Bolsonaro, fez a mídia perversa, comandada pela Rede Globo, e o PT, tomarem o fato como ‘pé de guerra’ e crucificarem o senador eleito.

É óbvio que para que tenhamos um novo Brasil, onde a corrupção seja efetivamente punida, sem chances para a bandidagem, qualquer resquício de irregularidade deve ser investigado.

Porém, não fosse Flávio filho do presidente, esse caso passaria despercebido. Na realidade, a intenção malévola é atingir o governo.

A rigor, o fato não tem nada a ver com o governo.

Que se investigue Queiróz e Flávio, dentro da lei, mas que se investigue também todos os demais deputados e assessores com movimentação irregular na Alerj.

O deputado petista André Ceciciliano é o campeão, com R$ 49 milhões. Sobre ele, o PT e a Globo mantêm o mais absoluto silêncio.

Veja o “desafio” da deputada Joice Hasselmann:

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Política