Simone comunica oficialmente o MDB que vai enfrentar Renan no âmbito da bancada

É provável até que Renan Calheiros retire sua candidatura à presidência do Senado Federal.

O senador alagoano deitou. Está quieto, aguardando e sondando o ambiente. Já percebeu que lhe é desfavorável e anunciou que “não quer ser presidente do Senado”. É blefe, obviamente, mas é sinal de que está pressentido que não terá chances.

Simone Tebet, ao contrário, avançou e nesta segunda-feira (21) comunicou oficialmente o presidente do partido Romero Jucá que é candidata à presidência do Senado Federal.

A senadora anunciou a pretensão de disputar a indicação com Renan.

O Jornal da Cidade Online havia adiantado esta possibilidade.

Um fato preponderante para determinar a eventual vitória da parlamentar de Mato Grosso do Sul é a certeza de êxito na eleição no plenário.

Existe até mesmo a possibilidade da senadora ser candidata de consenso.

O tucano Tasso Jereissati e o Major Olímpio, do partido do presidente Jair Bolsonaro, já adiantaram que devem retirar as candidaturas em favor de Simone.

A bancada do MDB define na próxima terça-feira (29) o nome do seu representante na disputa.

A derrota do peçonhento alagoano deve ser creditada às redes sociais, que minaram o nome do pilantra.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários