Residência de Renan foi ponto para acerto de propina pró Dilma, revela ex-senador

Na realidade o tal ponto de encontro delatado pelo ex-senador Sérgio Machado tratava-se da residência oficial do presidente do Senado Federal, na época ocupada por Renan Calheiros, que novamente sonha em ocupar o local com sua repugnante presença.

Dali, foram distribuídos R$ 40 milhões de reais para senadores do MDB em troca do apoio á reeleição de Dilma Rousseff, em 2014.

Dinheiro do povo brasileiro utilizado para a compra de apoio político.

A grana saiu dos cofres da J&F e foi descontada em propina que a empresa devia a Organização Criminosa travestida de partido político, denominada PT, por negócios ilícitos envolvendo o BNDES e fundos de pensão.

São essas apenas algumas das revelações de novo e bombástico depoimento do ex-senador.

Mais de Ricardo Antunes

Comentários

Leia mais...

Mais em Política