Nicolas prepara a fuga. Resta ao povo brasileiro derrubar a última tirania do continente: a Rede Globo (Veja o Vídeo)

Acabou a farra. Os tiranos dos tempos atuais não se deram conta de que o mundo mudou.

Através das redes sociais o sofrido povo venezuelano reuniu nas ruas de Caracas, a capital do país, uma multidão impressionante, avassaladora, fulminante, jamais vista em outros tempos. E Nicolas caiu de maduro.

Que o novo governo não permita a sua fuga. Maduro tem que pagar por todos os crimes que cometeu e pela destruição de um país rico, com a transformação de seu povo numa massa de miseráveis.

Fica um exemplo para o Brasil. Cabe agora ao povo brasileiro a responsabilidade de acabar com a última tirania da América do Sul. A tirania da família Marinho, proprietária da Rede Globo.

Nesta quarta-feira (23) o advogado e colunista do Jornal da Cidade Online Luiz Carlos Nemetz deu a largada para uma grande campanha de boicote à Rede Globo.

“É inconcebível o que as emissoras da Globo vêm fazendo, tentando desqualificar um governo que não tem sequer um mês. Mas não é rebeldia. Decididamente, não! É desespero. É tentativa de manter suas práticas de "enquadrar" governos e governantes, para sugar do Estado e de suas empresas, o suado dinheiro do contribuinte através do recebimento de verbas publicitárias esbanjadas em governos passados, aos milhões, para sustentar um grupo familiar e meia dúzia de protegidos seus, com lucros e ganhos estratosféricos como jamais vistos em nenhum outro lugar do planeta.”

A nossa resposta para acabar definitivamente com esta tirania deve ser o boicote total e absoluto a todos os produtos oferecidos por esse algoz do povo brasileiro.

E mais, a proposta é ainda mais avançada. É guerra.

“Muito simples: anunciou produtos ou serviços nos veículos Globo? Não me terão mais como consumidor. Seja lá quem for. De refrigerantes a sistema bancário. De produtos cosméticos a automóveis. Fez propaganda na Globo? Estou fora! Não vão mais ver o meu dinheiro.”
“A liberdade de imprensa é um fundamento da democracia. O que não pode é essa prerrogativa ser desvirtuada em prejuízo do Brasil e em penitência de milhões de brasileiros.”

O Jornal da Cidade Online estará vigilante denunciando as empresas que anunciarem na tela de nossa inimiga.

O povo brasileiro precisa acreditar na sua força. Brasil acima de tudo!

Abaixo, veja o vídeo:

José Tolentino

Jornalista. Editor do Jornal da Cidade Online.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários