Animais presos no barro, em situação de sofrimento, são sacrificados com tiros em Brumadinho

Animais ilhados, presos na lama ou feridos tiveram mesmo que ser sacrificados nesta segunda-feira (28), em Brumadinho.

Um equipe foi escalada apenas para esta função, executar os animais com tiros.

O helicóptero da Polícia Rodoviária Federal fazia voos rasantes e um agente armado com fuzil mirava locais onde enxergava animais na lama. E disparava.

O número de animais ilhados ou com o corpo preso na lama ainda é muito grande.

A execução foi definida para evitar um maior sofrimento.

Porém, animais em condições de serem retirados da lama e recuperados estão sendo socorridos.

A execução é somente para casos extremos.

da Redação

Comentários