Sem palanque, Lula desiste de Vavá

A determinação constante no despacho do ministro Dias Toffoli proibindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar declarações públicas e realizar comício no cemitério, por certo foi determinante para que Lula desistisse do irmão.

O petista decidiu não deixar a cadeia nas condições estabelecidas pelo ministro.

Veja o trecho do despacho:

“Encontrar exclusivamente com os seus familiares, na data de hoje, em Unidade Militar na Região [de São Bernardo do Campo], inclusive com a possibilidade do corpo do de cujos ser levado à referida unidade militar, a critério da família”.

Toffoli acrescentou ainda “fica assegurada a presença de um advogado constituído e vedado o uso de celulares e outros meios de comunicação externo, bem como a presença de imprensa e a realização de declarações públicas”.

Sem palanque, sem imprensa, sem comício e sem vitimismo, Lula desistiu.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Leia mais...

Mais em Direito e Justiça