Carta Aberta de um Guia Turístico de Israel aos Psicopatas Canalhas do Brasil

Prezado Canalha,

Li algum comentário seu a respeito da tragédia de Brumadinho. Mas o que li não foi empatia com os que perderam tudo - alguns perderam suas casas; outros, seu gado e principalmente aqueles que perderam seus entes queridos. Você, seu canalha, não se preocupa com nada disso. Você usa a tragédia para uma agenda pessoal sua, baseada numa ideologia nefasta que tem um único objetivo: demonizar a única democracia do Oriente Médio. Ou talvez tenha uma outra: externar seu profundo racismo antissemita vomitando mentiras.

Sr. Canalha, ninguém dos seus aliados se dispôs a vir ajudar nossos sofridos irmãos de MG. Repito, NENHUM DELES.

Não apareceu ninguém de Cuba, que aqui estiveram mamando alguns anos. Ninguém da vizinha Venezuela. Nem da Coreia do Norte.

Tampouco seus Palestinos queridos, nem sequer os Libaneses, Egípcios, Sírios, Iraquianos, Turcos, Sudaneses, Argelinos, Omaneses, Marroquinos, Tunisianos, Líbios, Jordanianos, Malaios, Somalianos. E ninguém dos trilhardários Qatarianos, do Bahrein, de Dubai, de Abu Dhabi, do Kwait ou da Arábia Saudita.

Todos eles mamam bastante aqui - seja recebendo frango a preços infinitamente menores que os Brasileiros pagam, seja recebendo apoio nos diversos fóruns internacionais.

Mas recebemos ajuda de um paisinho pequeno, a única democracia no Oriente Médio, com uma população menor que a Cidade de São Paulo (na verdade, similar à população carioca).

Este país é Israel. Cercada por inimigos que a querem ver destruída, e mesmo ameaçada por terrorismo, mísseis, foguetes e suicidas, Israel retirou 130 de seus militares e os mandou para cá.

Ao invés de defender a população de Israel constantemente ameaçada, eles vieram aqui salvar vidas e trazer consolo aos familiares de quem as perderam.

Israel trouxe médicos, enfermeiros, engenheiros, cães farejadores e o equipamento sonar mais desenvolvido do mundo para ser solidária, para minorar sofrimento.

Mas você, Sr. Canalha, enxergou só o que gostaria de ver. Através de lentes manchadas de sangue e ódio você viu ingerência aonde há solidariedade, você viu ambição onde há doação, você viu manipulação onde há compaixão, você viu maldade onde há um ombro amigo.

Por isto, Sr. Canalha, exatamente por isto, é que sua ideologia nunca deu certo. Nas tiranias de esquerda, a população foge (Cuba, Venezuela, Alemanha Oriental de outrora) ou é prisioneira (Coreia do Norte, Albânia). Nas tiranias islâmicas só se vê perseguições, inexistência de direitos básicos, aprisionamento sem julgamento, perseguição a mulheres, a Cristãos, a homossexuais, a Curdos e a qualquer um que não reze por sua cartilha.

Finalizo aqui, Sr. Canalha, fazendo minha obrigação como Ser Humano com letras maiúsculas.

Eu agradeço a Israel por mandar a mais desenvolvida tecnologia em salvamento para o Brasil. Vieram a custo zero, deixando suas famílias, sua pátria, sua gente para se embrenharem na lama, na sujeira e nos dejetos com a sublime missão de ajudar. Muito obrigado a eles.

Já a você, canalha e calhorda, vá arder no inferno, junto com seus patronos Marx, Chávez, Arafat, Mao e seus similares. A única vez que você sujou suas mãos, foi quando quebrou sua fétida caneta, usada para difamar quem é bom e humano.

Desapareça da vida dos Brasileiros. Seria um ato de bondade, se é que você seja capaz de saber o que é bondade

(Texto de Marcos L Susskind. Guia de turismo em Israel. Ativista comunitário. Foi Diretor do Amor Exigente e Presidente do JACS-Brasil antes de transferir-se para Israel. É também palestrante voluntário junto a abrigos para idosos)

Comentários