De pijamas, Dias Toffoli concede liminar a Renan e derruba o Voto Aberto

Renan Calheiros não parou de agir um só minuto durante a madrugada.

Percebendo a sua desvantagem, o senador alagoano conseguiu adiar a sessão e partiu para a tentativa inescrupulosa de cooptação de votos, através do oferecimento de vantagens para os senadores.

300 cargos de altíssima remuneração teriam sido oferecidos na calada da noite.

Por outro lado, durante a madrugada deste sábado (2), advogados de Renan Calheiros conseguiram junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma liminar cassando a decisão do plenário do Senado Federal que decidiu pelo voto aberto na sessão marcada para às 11 horas.

Essa decisão judicial, tirando a transparência do pleito, pode garantir a vitória de Renan.

A liminar foi concedida pelo ministro Dias Toffoli às 3h45.

Vamos aguardar.

da Redação

Comentários