Lei vai endurecer e homicidas vão ficar muito mais tempo atrás das grades, garante Moro (Veja o Vídeo)

Sair da cadeia após o cumprimento de um pequeno período da pena, isso vai acabar.

Homicidas praticantes de crimes hediondos terão que cumprir pelo menos 3/5 da pena.

Ou seja, um condenado há 30 anos vai permanecer no mínimo 18 anos em regime fechado, para então ter possibilidade de alguma progressão na pena.

Nesse sentido, o ministro Sérgio Moro utilizou como exemplo para justificar esse tratamento mais duro com homicidas, um caso acontecido recentemente na Espanha, quando um brasileiro foi condenado à prisão perpétua.

“Esses tempos um brasileiro foi condenado na Espanha, porque havia assassinado uma família de brasileiros e esquartejado toda a família. Condenação na Espanha, prisão perpétua. A Espanha é um estado democrático de direito. É um país com uma legislação avançada, que protege não só o direito das pessoas, como as liberdades. Não é um governo autoritário”, enfatizou o magistrado.

Veja o Vídeo:

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Direito e Justiça