O livro de Mônica Veloso, a ex-amante de Renan Calheiros

A jornalista Mônica Veloso lançou em 2013 um livro contando detalhadamente como foi o tórrido romance que manteve com o senador Renan Calheiros.

A fama angariada com a revelação de seu caso com o pilantra alagoano rendeu a Mônica, além do livro, fotos na Revista Playboy, um programa de TV e uma gorda pensão.

No livro denominado “O poder que seduz” ela relata a “paixão louca” que viveu com Renan e conta sobre a filha que tiveram.

Quando contei sobre a gravidez, ele entrou em pânico. Dizia ser impossível. Afinal, argumentou, não éramos mais crianças. Fiquei muito triste com a sua reação. Pela primeira vez, percebi que o amor era lindo, mas a política, para ele, era tudo — contou Mônica, numa entrevista para o jornal O Globo.

No livro, Mônica relata que o casal fazia planos para construir uma família e frequentava com desenvoltura o mundo político e social.

— Música, perfume e um certo torpor. Champanhe na mão, conversávamos e sorríamos após o jantar (na casa do senador Ney Suassuna). Havíamos brindado por mais um ano, o intenso ano de 2002. (…) Cercado por jornalistas, o senador Eduardo Suplicy falava, empolgado, sobre o programa Renda Mínima e a indicação de Henrique Meirelles para a presidência do Banco Central. Mais um pouco, o próprio Meirelles chegou. (…) O vento agitando as cortinas, o barulho de cristais e porcelanas como rumores longínquos vindos da sala. Era como se fôssemos as únicas pessoas no mundo — relembra Mônica no livro.

O inferno começou quando a revista “Veja” divulgou que um lobista da Mendes Júnior, Cláudio Gontijo, pagava o aluguel de R$ 4.400 mensais de um apartamento onde morava a jornalista com as duas filhas. O lobista, segundo a denúncia, também pagava R$ 12 mil mensais de pensão para a filha de Renan.

Com o estouro do caso, para não ser cassado, Renan renunciou à presidência do Senado. Mais tarde, renasceu das cinzas.

Ele é perigosíssimo, bom de briga, imoral, amoral e sem escrúpulo.

Fonte: O Globo

da Redação

Comentários