O relato do jurista Modesto Carvalhosa sobre o encontro com o Ministro Sérgio Moro

O evento em que o Ministro Sérgio Moro apresentou todas as propostas do Pacote Anticrime foi um sucesso. Ele foi aplaudido de pé, durante muito tempo, depois das suas explanações das providências que têm que ser tomadas.

Essas medidas são fundamentais para o combate ao crime organizado, à corrupção e aos crimes violentos. Porém, é necessário que as polícias estaduais, à semelhança do que ocorre com a Polícia Federal, deixem de ser vinculadas aos governos dos estados, ou seja, ao Poder Executivo, e passem a ser vinculadas, com toda autonomia, ao Poder Judiciário e à Promotoria Pública dos respectivos estados.

O sucesso da PF no combate à corrupção e outros crimes é fruto desse deslocamento, desse afastamento que tiveram do Executivo na esfera Federal.

Se não tivermos essa mesma providência no plano estadual, ou seja, os governadores não deixarem de mandar nas Polícias Civil e Militar dos estados e o Poder Judiciário não tomar conta dessas polícias junto aos promotores, não teremos a eficácia necessária para implementação das medidas que o Ministro Sérgio Moro propõe hoje ao país para esse combate geral à criminalidade, que é uma tragédia para o Brasil. Essa providência precisa ser tomada urgentemente, em apoio a esse Ministro e à aprovação do novo pacote anticrime.

Esse é um caminho que devemos percorrer juntos.

(Texto do jurista Modesto Carvalhosa)

Comentários