Destemido, Moro isola líderes e proíbe contato direto de criminosos com visitantes

Com a mesma coragem com que, quando juiz federal, enfrentou a bandidagem petista, o Ministro Sérgio Moro abriu o confronto direto com o PCC e demais facções do crime.

Isolamento das lideranças é a primeira atitude que atinge diretamente as organizações criminosas.

Marcola e mais 21 bandidos transferidos nesta quarta-feira (13) para presídios federais de Segurança Máxima, não terão mais contato direto com ninguém.

Eventuais visitas, com regras novas e duras, terão que conversar utilizando o parlatório, separados por um vidro e através de um interfone.

Todas as visitas serão supervisionadas e obedecerão datas e critérios definidos em portaria publicada hoje.

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Direito e Justiça