TCE

Fernando Henrique Cardoso - o decadente boquirroto (Veja o Vídeo)

O ex-presidente, narcisista e boçal, não perde a chance, sempre que pode, de atacar quem quer que seja que possa fazer o Brasil dar certo.

O genitor de Lula e Dilma se posta como se fosse o pai da sabedoria.

Nunca entendi o que ele fala. Pois tudo o que diz é confuso, inconclusivo, dúbio.

É o símbolo do “fake”. Um intelectual fajuta. E fez um governo que não se pode esquecer.

Aposentado com pouco mais de 40 anos, como perseguido político sem nunca tê-lo sido, sempre viveu agarrado nas gordas tetas do Estado.

Adora Paris. Detesta o Brasil.

Sem plateia, sem votos, é uma fotografia desbotada. Um perfume “tabu” que perdeu o fixador.

De forma subliminar semeia a intriga, a discórdia. Mas nunca foi líder e nem estadista.

Mas é tóxico e inconveniente. Me lembra o rei Eduardo VIII, que abdicou ao trono inglês. Em 1936, seu gesto se parecia como sendo uma ode glamorosa à força do amor.

O tempo, rapidamente revelou que seu gesto nada tinha de glamour.

Foi um rei de caráter traidor, ambicioso, egoísta e conspirador contra seu povo.

FHC não tem moral nem capital político para criticar ou dar conselhos para Bolsonaro. Faria um favor ao país se fechasse a sua boca mole!

Veja o vídeo com o meu comentário sobre algumas das “obras” do seu desgoverno:

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia.
@LCNemetz

Mais de Luiz Carlos Nemetz

Comentários

Leia mais...

Mais em Opinião