TCE

Alexandre Garcia faz brinde por vitória judicial contra ex-ministro de Lula

O ex-ministro da Justiça de Lula, Tarso Genro, aquele mesmo que brigou ferozmente pela impunidade do terrorista sanguinário Cesare Battisti e afundou o Rio Grande do Sul numa crise sem precedentes, processou o inigualável jornalista Alexandre Garcia por este ter dito que ele devolveu a Cuba os dois boxeadores que fugiram da delegação nos jogos Pan-Americanos do Brasil.

Genro perdeu em todas as instâncias.

O jornalista comemorou e brindou a vitória com o seu advogado, conforme ele próprio divulgou nas redes sociais:

“Transitou em julgado ação de indenização movida pelo ex-Ministro da Justiça (caso Battisti) e ex-presidente do PT, Tarso Genro, de 50 mil por danos morais, por eu ter dito que ele devolveu a Cuba os dois boxeadores que fugiram da delegação nos jogos Pan-Americanos.
Perdeu na 1ª instância, recorreu ao tribunal e perdeu por unanimidade. Agora terminou e tem que pagar as custas.
Só 2 ações em quase 50 anos de jornalismo. A outra foi de Orestes Quércia, que retirou a ação. Genro usou 4 advogados e eu um, com quem brindei à vitória.”

Merece os nossos parabéns o vitorioso Alexandre Garcia.

Por outro lado, demonstração inequívoca de que o Brasil avançou é de que atualmente o cargo de Ministro da Justiça, que já foi ocupado pelo derrotado Tarso Genro, é exercido por uma figura da estatura moral, conhecimentos jurídicos e capacidade de trabalho como Sérgio Moro.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Leia mais...

Mais em Direito e Justiça