TCE

PF deve desvendar senador fraudador que poderá ser punido com a perda do mandato

O atual presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, decidiu levar até as últimas consequências a questão da fraude na primeira votação na eleição para presidente da Casa.

O corregedor do Senado, Roberto Rocha, está fazendo a sua parte, ouvindo senadores e servidores para apurar a falcatrua.

Entretanto, a elucidação do caso certamente será feita pela Polícia Federal, que já foi chamada para efetuar a perícia nas imagens.

Descoberto o fraudador, não restará outra alternativa que não seja a cassação de seu mandato.

Dois votos para Renan Calheiros foram colocados fora do envelope.

Parece evidente que o fraudador é um senador ligado a Renan. Ou, talvez, ele próprio.

Não seria nenhuma surpresa.

da Redação

Comentários