Globo: jornalismo cocô! (Veja o Vídeo)

Os programas jornalísticos da Globo querem criar uma falsa crise no Governo Federal com a demissão de Bebiano.

O episódio já está superado. Ademais, o que pesa contra Bolsonaro?

Se opôs contra a atitude do ex-ministro de alcovitar no Palácio um diretor da Globo, que bate no Presidente até no céu da boca?

E mais: a justificativa usada por Bolsonaro nos áudios foi “não dar privilégios” à Globo! Qual foi o erro? Ter exonerado um ministro que vazava informações? Ou foi porquê mandou investigar as práticas de uso indevido do fundo partidário?

Bebiano revela seu caráter ao vazar - em vindita pessoal - os áudios privados! Que belo caráter, não?

O Governo perde o quê com a saída desse ministro?

Que força ele mostra ter, a não ser a capacidade de fazer um estardalhaço sem nenhuma consequência?

A Globo, a Folha e a Veja agem tal qual o eixo do mal na II Guerra.

E por falar nisso: guerra é guerra! Bolsonaro tem mais é que enfrentar a Globo mesmo! E tem o direito e o dever de mandar embora o ministro que se comportou como um inimigo na trincheira.

Afinal sendo o Presidente é quem escolhe seus auxiliares de acordo com critérios de segurança e confiança.

Ou será que deveria deixar Bebiano para agradar a Globo?

Assista ao meu vídeo com os comentários:

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia.
@LCNemetz

Comentários