TCE

Começa o confronto na fronteira do Brasil com a Venezuela e índia é a primeira vítima

Militares fiéis ao ditador Maduro mataram uma índia, identificada agora como Zorayda Rodrigues, de 42 anos, segundo o Antagonista e Washington Post, e feriram outras 12 pessoas na fronteira venezuelana com o Brasil.

Tribos indígenas têm tentado driblar o fechamento da fronteira para receber os suprimentos enviados por Brasil e EUA, por terra.

Onde está a esquerda defensora dos índios? E os defensores das mulheres, também agredidas covardemente e, mais uma vez, assassinadas pelo socialismo?

Além disso, um sistema de mísseis antiaéreos venezuelano foi deslocado para a fronteira, de acordo com o site DefesaNet.

Parabéns, Gleisi Hoffmann!

Tá aí o que você queria.

Comentários