TCE

Tribunal corta mamatas e USP, Unicamp e Unesp devem suspender supersalários

Embora a turma da resistência insista que o o problema da (falta de) educação no Brasil é a falta de verbas, mais um exemplo escancara a falsidade da alegação e o desperdício de dinheiro público para o benefício de poucos privilegiados.

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) determinou que a USP, a Unicamp e a Unesp suspendam os salários de servidores superiores a R$ 23 mil mensais. O STF determinou a inconstitucionalidade dos pagamentos, que excedem o salário do governador, ainda em 2015.

Em relatório, o Ministério Público demonstrou que as universidades estaduais de São Paulo tiveram um prejuízo de 62 milhões com o pagamento inconstitucional de supersalários.

O TCE decidirá se os servidores deverão devolver o dinheiro recebido indevidamente.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários