TCE

E agora... Seja macho, Chicão!

Onde está o Chico Buarque defensor das ‘democracias’ socialistas, aquele mesmo acostumado a defender corrupto analfabeto, alcoólatra e preso?

Onde se ouve a voz do ilustre compositor das massas, justamente agora que o amigo Maduro precisa de todo apoio possível?

Porque não ouvimos sua lenga lenga, defendendo o tirano que hoje trucida seu próprio país?

Sim, Chicão, a gente sabe que seus ‘cumpanheros’ também estão covardemente calados.

Caetano, Martinho, Gil, Claudia, Fernanda, Ivete...todo mundo quietinho.

Esperando talvez a banda passar, não é mesmo?

Defenda Maduro, Chicão.

Ou, num rasgo de lucidez, o ataque.

Mas faça qualquer coisa.

Meta a boca como quando vociferou contra o presidente ‘fascista’ eleito, Jair Bolsonaro.

Seja macho, Chicão.

Você e os ‘cumpanheros’ podem achar –sonhem - que ficando bem quietinhos, tomando champagne em Paris ou na Espanha, serão esquecidos pelo povaréu desmemoriado.

Ou se deliciando entre um e outro foie gras. Maravilha.

Ledo engano, Chicão.

O compromisso que assumiram, com o socialismo e esse comunismo assassino de ditadores como Maduro os coloca forçosamente no centro dessa confusão. Vocês têm culpa.

São responsáveis.

Ah, entendi.

Defender Maduro nestas alturas do campeonato não traz grana da Rouanet, né, Chicão?

Pena.

Porque, com ou sem grana, a imagem de cada um de vocês está grudada à desse porco ditador da Venezuela.

O povo, bro, não esquece.

Nem espera mais a banda passar, cantando coisas de amor.

Marco Angeli Full

Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

Mais de Marco Angeli Full

Comentários

Leia mais...

Mais em Política