Para Luciana Genro, filha de um protetor de terrorista, o Ministro da Educação é “imbecil”

A ex-candidata a Presidente da República no pleito eleitoral de 2014, atual deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, Luciana Genro, reagiu de maneira extremamente agressiva a sugestão do MEC para que as escolas públicas brasileiras adotem a prática de fazer com que os seus alunos cantem todos os dias o Hino Nacional Brasileiro.

"Esse Ministro da Educação é um imbecil. Desculpem o adjetivo grosseiro mas não tenho outra palavra para defini-lo."

Alguns reparos podem até ser feitos na maneira como foi feita a tal ‘sugestão’, mas dai a taxar o Ministro da Educação de ‘imbecil’, só poderia vir de uma mente deturpada como a de Luciana, filha de Tarso Genro, o Ministro da Justiça de Lula que lutou com unhas e dentes para que o terrorista e assassino Cesare Battisti conquistasse a impunidade. Felizmente, o fim da era petista refez esta barbárie e presentemente o pilantra cumpre a sua pena na Itália.

Aliás, Tarso, o pai de Luciana, quando governador de Rio Grande do Sul, chegou ao cúmulo de receber Cesare como autoridade no Palácio Piratini.

Quem é o imbecil?

Esse novo Brasil que aflora precisa que exista mais respeito e cordialidade entre os agentes políticos.

Luciana é deputada, em tese uma formadora de opinião.

No mínimo faltou com o decoro.

Veja abaixo:

da Redação

Comentários