A “patota” que advoga para Gleisi

O Jornal da Cidade Online foi processado pela deputada Gleisi Hoffmann.

A parlamentar petista se insurgiu contra uma matéria publicada intitulada “Mensagens de Adelio para Gleisi comprovam militância petista do criminoso”.

Com o andamento da ação tivemos a oportunidade de conhecer a turma que advoga para Gleisi.

Eugênio Aragão é o ‘número 1’ do escritório. Procurador da República que convidado por Dilma Rousseff para assumir o Ministério da Justiça, ficou poucos dias como titular da pasta. Assim como Sérgio Moro, teria que renunciar ao cargo concursado. Ao contrário do atual ministro, não teve a mesma coragem e deixou o ministério.

O sócio de Aragão é o advogado Willer Tomaz, o advogado preso no escândalo da JBS, sob acusação de pagar propina ao procurador Ângelo Goulart para vazar investigações do MPF para a empresa de Joesley Batista.

Outro componente do grupo que advoga para a deputada petista, de acordo com reportagem publicada na revista Crusoé, é um ex-juiz, exonerado do Judiciário de Brasília, por suspeita de participação em desvios.

Sem dúvida, Gleisi está bem assistida.

da Redação

Comentários

Leia mais...