Publicação de vídeo polêmico por Bolsonaro faz até a esquerda virar conservadora

Achou um tiro no pé a postagem do Jair?

Pense...

Quando a onda conservadora parece virar marolinha, lá vem Bolsonaro e provoca uma tsunami do conservadorismo que fez até os mais liberais chamarem de "pornografia" aquilo que chamavam de "arte", "militância" e "liberdade de expressão". Onde isso respinga?

Na discussão sobre a criminalização da homofobia e TODOS os parágrafos ocultos que estão no texto.

Ou seja, no momento que homofobia for um crime tão grave quanto o racismo, reclamar de cenas como aquela onde dois gays urinam um no outro, pode ser considerado uma ação preconceituosa.

Pela primeira vez em anos, vemos membros da comunidade LGBTQ+ se pronunciando contra a exposição da causa gay daquela forma tão chocante. Até o mais libertino ficou com o rosto corado de vergonha alheia.

Hoje o Presidente da República falou a linguagem do povo da internet e levantou a questão sobre até onde um indivíduo pode expor sua sexualidade apenas por ser gay.

Bingo Capitão!

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Comentários