Emparedado, STF pressiona STJ para que amoleça situação de Lula

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tem sido implacável com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Todas as decisões advindas da Operação Lava Jato, tanto da 1ª instância em Curitiba, quanto na 2ª instância em Porto Alegre, têm sido referendadas de maneira unânime na Corte.

Cogita-se no entanto, que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estariam exercendo pressão sobre os ministros do STJ para que aliviassem a situação de Lula.

Segundo os togados do STF, os ‘coleguinhas’ do STJ deveriam fazer uma ‘análise fundamentalmente técnica’ no caso do tríplex.

O objetivo é fazer com que a pena de 12 anos e um mês seja revista e diminuída.

Assim, de acordo com a Folha de S.Paulo, “abriria brecha para a mudança do regime prisional”.

Ou seja, imediatamente seria concedida a Lula a prisão domiciliar.

da Redação

Comentários