Reinaldo Azevedo atinge a esgotosfera ao questionar a internação hospitalar de Bolsonaro

Para quem Reinaldo Azevedo escreve? Quem são os seus leitores?

A que ponto chegou o jornalista aético e desprovido de lucidez.

Em recente artigo - li somente o título - ele questiona os gastos com a internação hospitalar de Jair Bolsonaro.

Nenhuma preocupação com quem mandou matar o Presidente da República.

Ora, a segurança de qualquer cidadão é dever do Estado. E Bolsonaro, na condição de candidato a Presidente da República, estava sob a proteção do Estado.

Mesmo que não tivesse sido eleito, cabia ao Estado todos os cuidados com relação a sua boa saúde e a recuperação pelo atentado sofrido.

Na qualidade de presidente eleito democraticamente, nem se fala.

Mas o infame jornalista, certamente na intenção de afrontar e questionar o inquestionável, ataca os valores dispendidos no Hospital Albert Eisntein.

É um autêntico idiota, a serviço da podridão.

Está completamente perdido, pois apostou todas as suas fichas na esquerda decadente e delirante.

Um triste e lamentável fim de carreira.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários

Leia mais...