TCE

A eterna namorada do Brasil vai à luta

Regina Duarte é a prova viva do abismo que existe entre um verdadeiro artista comprometido com seu país e ‘fazedores de arte’ comprometidos em usar grana afanada do povaréu.

Grana pública. Lei Rouanet.

Núcleo da questão - e da corrupção endêmica que assola estas terras - a quadrilha que domina a mais alta corte do país, o STF, vem reinando impune há décadas.

O STF é a última - e mais eficaz - ferramenta de bandido.

Toda a sujeira é lavada no STF.

Todo bandido, político ou não, tem sua chance no STF.

É a esperança de lulas, cabrais, dirceus e outros gajos com a mesma genética.

A genética da 'justiça’ acima da lei, do palavrório incompreensível à serviço do mecanismo podre que atrasa a terra do pau brasil.

Se a transferência imoral dos crimes de corrupção política para a Justiça Eleitoral - livrando a cara de um monte de bandido - não foi a gota d’água no copo da indignação de todo brasileiro honesto, está bem perto disso.

O copo vai transbordar.

Já não é possível conviver com a imoralidade gritante dessa instituição que faz o que quer quando quer, acima da lei.

Regina Duarte, verdadeira artista, que o diga.

Como faz há anos, numa postura ereta e coerente.

Ao lado do povo, aquele mesmo que esteve sempre e estará também ao seu lado.

Com ela, a sociedade se movimenta.

Pelo fim do STF.

*A publicação da atriz pedindo o fim do STF foi um dos assuntos mais comentados no domingo.

Marco Angeli Full

Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

Comentários