Entidades de “Direitos Humanos” preparam ofensiva contra Pacote Anticrime de Moro

A esquerda inicia na próxima quarta-feira (27) uma campanha com vistas a tentar desmoralizar o projeto de lei Anticrime proposto pelo ministro Sérgio Moro.

Segundo nota publicada por Renan Ramalho no site O Antagonista, a campanha insidiosa vai propor ‘tudo que a esquerda defende na segurança e que vai na contramão do que prega o governo: soltar mais presos, desarmar a população e endurecer punição sobre policiais’.

Numa carta que será entregue aos deputados federais, os incautos manifestantes sustentam o seguinte:

“As instituições e entidades subscritoras rechaçam as fórmulas primordialmente baseadas no recrudescimento da legislação penal e processual, que têm se mostrado inefetivas e ensejado o aprofundamento da insegurança pública”.

O infame movimento, é formado por defensores públicos e juízes progressistas, ONGs de “movimentos sociais”, associações de advogados criminalistas, feministas e de defesa da diversidade sexual.

da Redação

Comentários