Luciana Temer, a filha ‘petista’ do ex-presidente, ataca o juiz Marcelo Bretas

Amicíssima de Fernanda Haddad, na gestão do ‘poste’ à frente da prefeitura de São Paulo, Luciana Temer ocupou o relevante cargo de Secretária de Assistência Social.

No pleito eleitoral de 2018, apoiou incondicionalmente o ex-chefe e defendeu com ardor a sua candidatura.

Com esses antecedentes e com o mesmo 'ardor', a primogênita do ex-presidente usou as redes sociais para atacar o juiz Marcelo Bretas, que determinou a prisão de seu pai.

“Quem gosta de espetáculo midiático e de aparecer na TV devia fazer teatro, não direito. Direito é para quem gosta de lei e justiça”, disparou a ex-secretária do poste.

Para ilustrar o texto acima, a veia petista de Luciana aflorou e ela publicou uma foto de 1998, que registra o encontro do ex-presidente com Nelson Mandela, o líder sul-africano na luta contra o apartheid.

A prisão do pai na realidade é extremamente tardia. Só ocorre após 40 anos de falcatruas.

Tem que manter isso, viu!

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários