TCE

Proprietário rural indignado denuncia ateamento de fogo em ponte por índios no Mato Grosso (veja o vídeo)

Ponte era fundamental para a agricultura da região e dava acesso à propriedade de Agnaldo.

Circula nas redes sociais um vídeo de um proprietário rural, chamado Agnaldo, que expõe, indignado, o ateamento de fogo por índios em uma ponte do município de Brasnorte, Mato Grosso, segundo consta seu relato.

O vídeo foi gravado na manhã do último dia 23. Agnaldo afirma que a ponte, de cerca de 25 metros, localizada sobre o rio Membeca, era fundamental para a agricultura da região e sua propriedade está localizada no outro lado da ponte. De acordo com o produtor, a ponte possui um custo de R$ 300 mil para o Estado e o que motivou o crime pelo grupo indígena foi a "queda do pedido de reserva indígena".

O empresário Luciano Hang, proprietário das redes de lojas Havan, compartilhou o vídeo em suas redes sociais e também manifestou sua revolta com o caso:

"Até quando vamos aceitar isto? Não existe lei para os índios? Será que estão sendo manipulados ou querem mais terras para não fazerem nada? Temos que colocar ordem neste País. São mais de 1.2 milhões de quilômetros quadrados para 500 mil índios viverem, é o equivalente aos Estados do Mato Grosso e Tocantins juntos. Vamos viver em harmonia mas temos o direito de ir e vir. Tem rodovias que cobram pedágios outros estabelecem horários para passagen como e’ o caso de Manaus/Boa vista, Roraima."

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários