Perseguição orquestrada pela mídia fica evidenciada em ida de Bolsonaro ao cinema (Veja o Vídeo)

Após um longo período distante da família, em razão de suas viagens para os Estados Unidos e Chile, o presidente Jair Bolsonaro dedicou a manhã desta terça-feira (26) para um compromisso ao lado da esposa.

O Presidente da República e a primeira dama Michelle foram assistir a pré-estreia do filme “Superação, o Milagre da Fé”.

Um filme sobre inclusão social de deficientes auditivos, adaptado para uma plateia de jovens surdos.

Michelle, como se sabe, é tradutora de libras.

O presidente chegou ao cinema às 9 horas, mas às 11h30 já estava trabalhando no Palácio do Planalto.

A mídia perversa, num ataque irracional e orquestrado criticou severamente o presidente por ter dedicado uma pequena parte da manhã a esposa e ao filme de cunho eminentemente inclusivo e inspirado numa história real.

Chama atenção as idênticas manchetes de todos o veículos que divulgaram o fato, dando uma conotação irresponsável e sem noção a um compromisso importante e de alta relevância, que consumiu apenas duas horas do tempo de Jair Bolsonaro.

Veja as manchetes de O Globo, Estadão, Terra, Revista Fórum e DCM:

Lamentável e repugnante.

Veja abaixo o trailer do filme:

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários